sábado, 16 de janeiro de 2010

O Jogo do Prego

A pedido de várias famílias, aqui vai uma breve explicação de como se jogava ao prego. O jogo era muito simples, divertido, e sem grande investimento inicial: era apenas preciso um prego comprido, com 15/20 cm. Esse prego tinha uma cabeça e aí estava todo o "búsilis" da questão!! lol

Havia uma série, ou sequência, de 6 formas de atirar o dito prego para a areia: mão aberta, dedos fechados (costas), mão fechada, corninhos, 2 meias voltas e a cambalhota. O prego, depois de atirado à areia, tinha que ficar espetado, e contava como válido, desde que tivesse a cabeça fora da areia, ou seja, desde que não estivesse em contacto com a areia.. o que implicava que não estivesse caído, na horizontal.
Se o jogador não fosse bem sucedido, o prego tivesse caído, passava o "jogo" para o seguinte, e da próxima vez iniciava do 1º exercício a nova série.
Vejam as fotos que eu arranjei aqui na blogosfera, para melhor visualizarem a série....

No inicio do jogo estabeleciam-se quantas séries completas tinham-se que fazer... e o 1º jogador que as completasse, ganhava.

Para os profissionais havia um 2º nível, que consistia em juntar depois das séries estabelecidas, uma certa quantidade de séries "à espanhola", que era nada mais, nada mesmo, que as mesmas sequências, mas pegando no prego ao contrário, pela cabeça, o que implicava uma pirueta no ar antes da aterragem do prego!

.... não sei se me fiz entender, mas foi a explicação possível!! lol

3 comentários:

Kat disse...

Que saudades de jogar ao prego..
:)

Nuno Medon disse...

olá! obrigado pela tua explicação. beijo

Nuno disse...

Muito obrigado. Este ano consegui arranjar um prego, mas já não me lembrava da sequência!